terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

“Mulheres e a competição…”

1ª Taça de Portugal Femininas

Dia 26 de Março de 2017

Albufeira

“Mulheres na competição”

“Vanessa Fernandes oficializa regresso ao triatlo com os olhos postos em Tóquio'2020”

Atleta do Benfica esteve cinco anos sem competir na modalidade

Por: Lusa

Foto: Fernando Ferreira

A portuguesa Vanessa Fernandes, medalha de prata nos Jogos Olímpicos Pequim'2008, anunciou esta segunda-feira, em conferência de imprensa, o regresso ao triatlo, apontando já à presença em Tóquio'2020.

 "Quero voltar à modalidade onde cresci e onde tive momentos que já mais irei esquecer. Oito anos depois [da medalha de prata em Pequim] volto inteira, com um sonho que tem um nome: Tóquio'2020", disse.

Após vários anos sem competir no triatlo [n.d.r.: A última prova havia sido em 2011, em Yokohama], a atleta do Benfica não quer, neste momento, estabelecer objetivos para os Jogos Olímpicos'2020. "Antes de Tóquio vai haver imensa coisa. O objetivo principal é lá estar. Só daqui a dois anos posso afirmar o que posso fazer em Tóquio", afirmou.

Uma das mais completas atletas portuguesas regressa ao triatlo

 Aos 31 anos, a regressada Vanessa Fernandes, uma das mais completas desportistas portuguesas de sempre, alimenta o sonho de repetir em Tóquio'2020 o pódio olímpico que foi o auge da sua carreira, com a prata em Pequim'2008.

 "Ela ainda pode dar muito à modalidade. As expetativas são dela e não há qualquer tipo de pressão da nossa parte, porque a Vanessa já deu tudo o que tinha a dar ao triatlo a agora é o que ela quiser", disse, há dias, Vasco Rodrigues, na tomada de posse como novo presidente da federação.

 Depois da consagração na elite das desportistas mundiais, então com 22 anos, Vanessa Fernandes foi vítima de anorexia nervosa e bulimia, problemas cujos primeiros sintomas surgiram precisamente no grande evento internacional realizado na China.

 O pós-Pequim foi muito duro para a atleta de Perosinho que foi forçada a fazer uma longa pausa na carreira para recuperar a saúde.

 Depois de vários anos sob comando técnico de Sérgio Santos, então diretor técnico da federação, Vanessa Fernandes anunciou em novembro de 2009 que deixaria o Centro de Alto Rendimento do Jamor e passaria a ser orientada por Paulo Colaço, perito da Faculdade de Desporto da Universidade do Porto.

 A atleta do Benfica voltaria à competição após Londres'2012 em provas de atletismo sem 'pressão' e em 2015 experimentou a maratona, prova na qual até conseguiu, à primeira, os mínimos para o Rio'2016.

 Uma vez que foi ao Brasil como suplente, já que não teve uma das três melhores marcadas entre as maratonistas nacionais, acabou por não competir, mas assumiu que o 'bichinho' da competição continuava lá.

 Depois do oitavo lugar em Atenas2004 e segundo em Pequim2008, prepara-se agora para voltar ao mais alto nível depois estar ausente de Londres'2012 e Rio'2016.

 Para voltar aos anos dourados no triatlo basta que se aproxime dos elevados níveis exibidos no passado, já que os 31 anos não são obstáculo - no Rio2016, a norte-americana Gwen Jorgensen foi ouro com 30 anos, a italiana Nicola Spirig prata com 34 anos e a britânica Vicky Holland bronze com 30.

 Quando se apresentou em Pequim2008, com somente 22 anos, a atleta de Perosinho, Vila Nova de Gaia, detinha já um currículo habitualmente destinado apenas a atletas de eleição e já em final de carreira - tantos e tão importantes eram os seus feitos.

 Muito poucos atletas no mundo ganharam tantas medalhas tão jovens e em tão pouco tempo como Vanessa Fernandes.

 Pentacampeã da Europa de elites de 2004 a 2008, campeã do mundo em 2007 e 'vice' em 2006, recordista de vitórias na Taça do Mundo (20), primeira do 'ranking' de qualificação olímpica e tricampeã europeia sub-23 (2004 a 2006) - os números dizem tudo sobre Vanessa, um exemplo de talento, dedicação, trabalho, e espírito de sacrifício que tem ainda o titulo mundial de duatlo em 2007 e a prata em 2006.

Fonte: Record on-line

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

“Mulheres de garra na competição…”

Vanessa Fernandes fala pela primeira vez sobre o regresso segunda-feira

Triatleta vai apresentar também a sua equipa na caminhada até Tóquio'2020

Foto: Paulo Calado

A portuguesa Vanessa Fernandes, medalha de prata em Pequim'2008, anuncia o regresso ao triatlo na segunda-feira, em conferência de imprensa. Será a primeira vez que a atleta irá falar sobre o seu regresso à modalidade.

A triatleta, de 31 anos, teve o momento alto da sua carreira em 2008, quando conquistou a medalha de prata em Pequim'2008, depois de já ter sido campeã mundial no ano anterior e ter conquistado cinco campeonatos da Europa.

Problemas de saúde afastaram Vanessa Fernandes da competição durante vários anos, mas conseguiu estar nos Jogos Olímpicos Rio'2016, como suplente da prova de maratona.

Na sua primeira maratona, em Valência, em novembro de 2015, a atleta do Benfica conseguiu mínimos, com tempo de 2:31.26 horas.

O anúncio do regresso de Vanessa Fernandes vai acontecer na segunda-feira, às 12 horas, numa conferência de imprensa na Quinta da Marinha, em Cascais, onde vai igualmente apresentar a equipa que a vai acompanhar na caminhada até Tóquio'2020.

Fonte: Record on-line

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

“Mulheres e a competição…”

Vanessa Fernandes anuncia regresso oficial

Vai dar uma conferência de imprensa na próxima semana. Ida a Abu Dhabi está ainda em dúvida

Por: Ana Paula Marques

Foto: Vítor Neno

Ainda não é certo que Vanessa Fernandes fará o seu regresso ao triatlo no dia 4 de março em Abu Dhabi, primeira prova das World Series. Uma lesão na anca tem impedido a atleta do Benfica de prosseguir com o programa de treinos. Mas uma coisa parece certa. Seja nesta prova ou um pouco mais tarde, a filha de Venceslau Fernandes está decidida a que seja desta o seu regresso à modalidade que a tornou numa desportista de eleição.
Ao que Record apurou, Vanessa Fernandes tem previsto dar uma conferência de imprensa na próxima segunda-feira para anunciar o que há muito se vem perspetivando, a sua volta ao triatlo. A cerimónia está a ser organizada por ela, e deverá contar com a família, nomeadamente o pai. É provável também que estejam representantes do seu clube, o Benfica, da Federação, bem como colegas com quem tem treinado desde que interiorizou este seu regresso, e claro o treinador que a está a orientar, Lino Barruncho.

Tal como o nosso jornal adiantou a semana passada, Vanessa Fernandes faz parte da start list da prova inaugural das World Series, em Abu Dhabi, tal como Melanie Santos. "Estava tudo a correr bem, dentro do previsto, mas sofreu um toque numa anca que pode comprometer a sua ida", disse-nos uma fonte próxima da vice-campeã olímpica em Pequim’2008.

Opção
Se não se confirmar a ida ao Médio Oriente, o regresso de Vanessa ficará adiado por mais uma ou duas semanas. Caso então não vá a Abu Dhabi, a primeira prova que a atleta de Perosinho, 31 anos, fará desde que fez a última em 2011 poderá ser em Vila Real de Santo António (11 de março) ou uma semana depois, em Altura. Ambas na distância de sprint.
Depois disso, Vanessa marcará então presença numa prova internacional, ao que tudo indica na Taça da Europa, no início de abril, na Quarteira, onde em 2010 conquistou a sua última vitória.

Fonte: Record on-line

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

“Mulheres e a competição…”


 

Mulheres no triatlo

Hoje continuamos a apresenta fotos de presenças femininas na competição, desta vez são atletas da Escola de Triatlo do Clube de Natação de Torres Novas, e as suas participações no passado sábado 11 de fevereiro em Arronches, e do domingo dia 12 de fevereiro em Portalegre.
 
 
 

 

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

“Mulheres campeãs, garra na competição…”

Vanessa Fernandes regressa em Abu Dhabi

Vice-campeã olímpica já se federou na FTP e faz parte da start list da 1ª prova das World Series

Foto: Paulo Calado/Record on-line

Vanessa Fernandes vai novamente regressar ao triatlo, já está novamente inscrita na Federação Triatlo de Portugal, ej á faz parte da lista de inscritos 1ª prova das World Series.

Filha do ciclista Venceslau Fernandes, aos 15 anos ingressou no Centro de Alto Rendimento do Jamor, onde reside e passa a maior parte do seu tempo. Actualmente conta com 20 vitórias em Taças do Mundo de Triatlo, igualando o número de vitórias da lendária Emma Carney.

Atleta do Sport Lisboa e Benfica e habitual da selecção portuguesa, esta atleta de 1,68 m começou a sua carreira profissional em 1999 no Triatlo de Peniche. Seus treinadores são Sérgio Santos e Paulo Colaço.

Foi feita Oficial da Ordem do Mérito a 8 de Março de 2004,tendo sido elevada a Comendadora da mesma ordem a 13 de Julho de 2016.

Foi oitava no triatlo olímpico dos Jogos Olímpicos de Atenas e, em 2006, chegou à primeira posição do ranking mundial de triatlo, renovando o marco em "casa" no dia 6 de maio de 2007.

Em 2008, nos Jogos Olímpicos de Pequim, terminou a prova de triatlo em segundo lugar, conquistando a medalha de prata, tornando-se assim a primeira atleta portuguesa a conseguir uma medalha olímpica nesta edição dos Jogos.

A atleta está, actualmente, a recuperar de anorexia nervosa e bulimia, cujos primeiros sintomas surgiram nos Jogos Olímpicos de Pequim.

A 27 de Maio de 2015, foi feita Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique.

Medalha de Prata em 2008 de triatlo em Pequim (China) em 18 de Agosto

Campeã do Mundo

Campeã do Mundo em 2007 de triatlo em Hamburgo (Alemanha) em 1 de Setembro

Campeã do Mundo em 2007 de duatlo em Gyor (Hungria) em 19 de Maio

Campeã do Mundo em 2008 em duatlo em Rimini (Itália)

Campeã da Europa

Campeã da Europa em 2004 de triatlo em Valencia (Espanha)

Campeã da Europa em 2005 de triatlo em Lausanne (Suíça)

Campeã da Europa em 2006 de triatlo em Autun (França)

Campeã da Europa em 2007 de triatlo em Copenhaga (Dinamarca), com o tempo 2h02m36s

Campeã da Europa em 2008 de triatlo em Lisboa (Portugal), com o tempo 02h03m16s

Campeã da Europa de Sub-23

Campeã da Europa de Sub-23 em 2004 de triatlo em Tiszaujvaros (Hungria)

Campeã da Europa de Sub-23 em 2005 de triatlo em Sófia (Bulgária)

Campeã da Europa de Sub-23 em 2006 em Rijeka (Croácia)

Campeã da Europa de Sub-23 em 2008 em Pulpi (Espanha)


Taças do Mundo

Vencedora das Taças do Mundo de Madrid em 2003, 2004, 2005, 2006, 2007 e 2008 e de outras provas da Taça do Mundo realizadas em Aqaba (Jordânia), Mazatlan (México), Rio de Janeiro (Brasil), Ishigaki (Japão), Corner Brook (Canadá), Hamburgo (Alemanha), Lisboa (Portugal), Salford (Reino Unido), Pequim (China) e Rhodes (Grécia).

Campeã nacional de triatlo em 2007 no Estoril

Vencedora do triatlo Internacional do Estoril em 2006

Campeã da Europa em 2006 de duatlo em Rimini (Itália)

Medalha de prata no Campeonato do Mundo em 2006 de triatlo em Lausanne.

Personalidade do Ano - Categoria: Desporto | Gala: The Best of Porto em 17 de Junho de 2006.

Medalha de ouro no Campeonato do Mundo de Duatlo em Gyor (Hungria) em 19 de Maio de 2007.

Campeã da Europa em 2008 de duatlo em Rimini (Itália) em 27 de Setembro de 2008.

Bem vida Vanessa…

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

“Mulheres e a competição…”

JOANA MIRANDA

Com Estatuto Praticante Alto Rendimento

 
Foi com grande orgulho que a Escola de Triatlo do Clube de Natação de Torres Novas recebeu a notícia da atribuição do estatuto de praticante de alto rendimento à sua atleta JOANA MIRANDA.

Com esta valência esta jovem atleta, de apenas 16 anos de idade vai poder usufruir de um melhor acompanhamento escolar, existindo também facilidades para estágios e provas oficias, entre outras vantagens.

Estes “ prémios ” refletem toda uma filosofia de trabalho que tem vindo a ser implementada e aplicada em prol do Triatlo em Torres Novas pelo treinador PAULO ANTUNES. Esperamos que TODA A EQUIPA, que é composta por um excelente grupo que partilha valores como, humildade, fairplay, espírito de sacrifício e camaradagem se sintam também orgulhosos pela sua colega de equipa.

JOANA MIRANDA, nasceu a 11/Novembro/2000, residente em RIACHOS e estudante no ENTRONCAMENTO, é federada na FEDERAÇÃO DE TRIATLO PORTUGAL desde os 9 anos de idade (2010).

Na época de 2016 foi CAMPEÃ NACIONAL DE TRIATLO no Grupo Idades 16-17 anos, foi Vice-Campeã nacional de Aquatlo, obteve o 3ºlugar Campeonato Nacional de Duatlo e integrou a Seleção Nacional de Triatlo por duas vezes, na Taça da Europa de Quarteira e no Campeonato da EUROPA de Youth na Hungria.
CIRCUITO PORTUGAL TOUR DE BIATLE MODERNO

1ªEtapa em Pombal
No domingo, dia 5 de Fevereiro realizou-se a 1ªetapa de Biatle do Circuito Portugal Tour 2017, modalidade em que os atletas torrejanos têm conquistado algumas medalhas em Campeonatos da Europa e do Mundo, como foi o caso no passado mês de Outubro de 2016, quando se deslocaram a Sarasota na Flórida, Estados Unidos da América.

Nesta 1ªetapa realizada nas Piscinas Municipais de Pombal e na pista coberta instalada no Centro Municipal de Exposições, estiveram presentes cerca de 150 atletas em representação de uma dezena de clubes, realizando uma prova em formato Indoor descontínuo, com todos os atletas a efetuarem a prova de natação e corrida separadamente, e sendo os vencedores os que obtiveram o menor tempo combinado das duas provas.

Iniciaram esta etapa, os atletas Aprendizes, com Francisca Leirião a vencer destacadíssima a sua prova e Mafalda do Canto a chegar no 3ºlugar. Diogo Viegas foi 4ºclassificado em masculinos.

Natércia Carvalho foi a única torrejana a participar neste escalão e terminou na 12ªposição.

Em Iniciados, uma boa prova para Gustavo do Canto que alcançou o 3ºlugar, enquanto o seu irmão Afonso do Canto em Juvenis, alcançava um excelente 2ºlugar numa prova muito disputada até ao fim.

Ainda em Juvenis, mas em femininos, Ana Margarida Silva foi 4ªclassificada e Beatriz Neves 7ª. Carolina Serra venceu em Juniores A, e Mariana Correia terminou na 4ªposição.
 
Fonte: Escola de Triatlo do Clube de Natação de Torres Novas